Stelio Chipasso: “Aqui no Clube Naval, ninguém é melhor que ninguém”

Bom dia Stelio. Sabemos que é o supervisor do Clube Naval. Há quanto tempo trabalha para o Clube?
- “Bom dia. Trabalho aqui há 5 meses.”

Qual é sua função?
“A minha função consiste em controlar tudo o que acontece no Clube Naval. A parte dos marinheiros, por exemplo. A parte da manutenção, segurança e bem-estar do Clube, para que tudo possa funcionar em perfeitas condições. Chego todos os dias da semana às 6:30 e saio às 18:00 do Clube.”

Quais os requisitos que considera necessários para desempenhar a sua função?
“Penso que é necessário ter um bom conhecimento da parte administrativa para que a organização nunca falhe, e também um grande sentido de responsabilidade.”

O que gosta mais no Clube?
“Gosto de tudo. Tenho aprendido muitas coisas novas. Na parte da marinha por exemplo. Todos os dias lidamos com pessoas ligadas à marinha e com experiência de navegação que nos ensinam coisas novas. Para mim, é uma experiência diferente de todas as que tive anteriormente.”

Onde trabalhava antes?
“Fui supervisor provincial do Instituto Nacional de Estatística (INE) na província de Maputo.
Fui também professor de Estatística no Instituto de Transportes de Comunicação.

Qual é a sua relação com o mar?
“(risos). Sei nadar! Aprendi a nadar mesmo aqui ao lado do Clube Naval, onde tem aqueles paus ali… Isto há mais de vinte anos…Talvez um dia aprenda a velejar. Trabalhar junto ao mar trás-nos uma certa serenidade e boa disposição.”

Quais os projectos em que participa no Clube?
“Internamente, a formação dos marinheiros é fundamental. Alguns deles ainda têm de aprender muita coisa. Temos de criar equipas competentes. Mas não são somente os marinheiros que são importantes. Todos somos importantes aqui.”

Quais os maiores desafios aqui dentro?
“Gostaria que todos os sócios se sintam bem no Clube. O Clube é tudo isto, é o restaurante, a piscina, o ginásio. O trabalho de todas as pessoas é importante para que o Clube funcione bem.”

Comments are closed.